2. Trabalho por conta própria

tarefa 1h50 min

Source: National Collaborative on Workforce and Disability for Youth (2011, 2012)

Empreendedorismo - Desenvolver uma ideia de negócio

Para criar o seu próprio trabalho é necessário desenvolver competências como criatividade, trabalho em equipa, autonomia, sentido de responsabilidade e organização, valorizando a aprendizagem.

Quando temos uma ideia, uma ideia de negócio, e queremos abrir uma atividade comercial, podemos ter a necessidade de a apresentar a:

  • investidores (pessoas e/ou entidades que podem investir dinheiro no seu projeto para o desenvolver);
  • parceiros (pessoas e entidades que podem ajudá-lo a desenvolver o seu negócio);
  • clientes (para convencê-los a comprar o seu produto ou serviço);
  • fornecedores (para lhes mostrar o que quer fazer e onde precisa);
  • alguém que queira contratar (para convencê-lo a vir trabalhar consigo).

 

Por esta razão, é essencial estruturar a ideia do negócio tendo em conta algumas questões-chave, por exemplo:

1. Qual é o problema que identificou?Este deve ser o resultado de uma análise que fez de identificar necessidades e oportunidades de negócio.
2. Qual é a sua proposta de solução?A sua ideia de negócio, o que gostaria de implementar.
3. Quem vai comprar?O seu mercado.
4. Como vão conhecer-se e vender?A distribuição e promoção.
5. Que recursos precisa?Como organizou o seu negócio.
6. What results do you expect?6. Que resultados espera?

1. CONCEITOS EMPRESARIAIS

Mini-glossário do Empreendedorismo – 50 termos empresariais:

Ativo

Qualquer item com valor possuído: dinheiro disponível ou no Banco, créditos, imóveis, equipamentos, direitos de propriedade, produtos em stock, etc.

Balanço

Documento que lista por itens todos os ativos e passivos num dado momento.

Bens

Produtos físicos que atendem às necessidades das pessoas.

Brainstorming

Atividade criativa desenvolvida em grupo que procura responder a problemas ou desafios.

Capital

Fator de Produção: Dinheiro e itens físicos como ferramentas, edifícios e veículos que são utilizados no processo de produção.

Cliente

Entidade que adquire ou utiliza bens ou serviços.

Competição

Uma situação em que diferentes produtores/vendedores de um determinado bem e/ou serviço competem independentemente contra compradores/consumidores para vender mais – usando diferentes ferramentas como preços, qualidade do produto, serviços pós-venda, publicidade, etc.

Consumidor

Utilizador final de um produto ou serviço.

Custos

Os custos são as despesas que a entidade realiza com o objetivo de preparar o seu produto para venda, fabricá-lo ou simplesmente revendê-lo, ou cumprir o seu serviço contratado.

Custos de Produção

Soma dos pagamentos efetuados pelos recursos utilizados na produção de um bem ou serviço.

Design

Idealização, criação, desenvolvimento, configuração, design de objetos a produzir ou construir.

Diferenciação

Capacidade de fazer diferente e ser visto pelos clientes como diferente dos concorrentes.

Distribuição

Colocação de produtos e/ou serviços para que os clientes possam adquirir.

Empreendedor

Aquele que, identificando uma oportunidade e assumindo riscos, cria, lança e gera novos negócios com o objetivo de obter lucro.

Empreendedorismo

A atividade de criação de uma empresa ou de negócios, assumindo riscos financeiros na esperança de lucro.

Insolvência

Quando o devedor tem obrigações para cumprir que são superiores aos rendimentos que tem e deve receber.

Fatores de Produção

Recursos utilizados na produção de bens e serviços.

Impostos

Imposição de uma cobrança financeira ou outra ao contribuinte. Pretende-se fazer face aos custos gerais do Estado, como a educação, saúde, justiça, defesa e segurança social.

Indústria

Atividade económica destinada a transformar matérias-primas em produtos comercializáveis.

Inovação

A ação ou processo de inovação.

Invenção

Algo novo, processo ou máquina que não existia antes e que difere dos desenvolvimentos ou melhorias feitas em invenções anteriores.

Investimento

Colocar dinheiro num negócio ou projeto para ganhar mais dinheiro.

Processo de Produção

Conjunto de atividades realizadas para produzir bens ou produtos.

Lucro

Ganhos financeiros com receitas depois de todos os custos terem sido subtraídos.

Lucro = Receitas – Custos.

Marca

Nome ou símbolo que representa um produto ou empresa.

Marketing

A soma de todas as atividades que influenciam as vendas, do produtor ao consumidor.

Mercado

Qualquer lugar, físico ou virtual, onde compradores e vendedores fazem negócios de troca de bens, serviços, recursos e dinheiro.

Mercado-alvo

Grupo específico para aqueles que mais provavelmente são potenciais clientes do produto ou serviço produzido ou comercializado e, portanto, o vendedor pretende atrair.

Modelo de negócio

Descrição do porquê de um negócio existir e como se destina a funcionar.

Impostos

Mudança de estado, modelo ou situação anterior para um futuro estado, modelo ou situação por razões inesperadas e incontroláveis, ou por razões planeadas e premeditadas.

Necessidade

Bens ou serviços que uma entidade (pessoa ou empresa) procura e precisa de ter.

Negócios

Uma atividade comercial.

Networking

Rede de contactos e relações que são criadas em diversas áreas e que contribuem para o desenvolvimento do negócio.

Oferta

Produtos ou serviços destinados a serem vendidos a um determinado preço num determinado preço num determinado momento.

Oportunidade

Um tempo ou um conjunto de circunstâncias que permite fazer algo.

Orçamento

Estimativa das despesas a incorrer e das receitas a receber num determinado período de tempo.

Organigram

Diagrama da estrutura organizacional de um determinado negócio, definindo as diferentes áreas de responsabilidade.

Outsourcing

Contratação de fornecedores externos de operações comerciais.

Responsabilidades

Soma de quantias pendentes.

Plano de Negócios

Documento que apresenta informação sobre o enquadramento (passado e presente) e o futuro de uma empresa existente ou de um novo projeto.

Preço

Valor dos produtos ou serviços definidos em dinheiro.

Danos

Oposto de Lucro. Os danos acontecem quando os custos excedem as receitas.

Pesquisar

Quantidade desejada de produtos e/ou serviços a um determinado preço num dado momento.

Produtividade

Relação entre produção e entradas utilizadas. Quanto maior for a quantidade produzida por fatores, maior é a produtividade. A produtividade é uma das melhores medidas para medir o desempenho do negócio.

Uma empresa com resultados acrescidos na sua produtividade é uma entidade com melhor utilização dos seus recursos e que obtém melhores resultados.

Projeto de Negócios

Um projeto de negócio é definido como um empreendimento, muitas vezes envolvendo investigação, que é cuidadosamente planeado para atingir um objetivo.

Publicidade

Ferramenta de promoção que visa comunicar informação sobre produtos e serviços a um público determinado, utilizando os mais diversos recursos.

Receita

Soma dos montantes recebidos para as atividades da empresa. Normalmente são os montantes recebidos para venda, mas também podem ser patrocínios e subsídios.

Recursos Humanos

São os trabalhadores de uma empresa, fundamental para a produção dos bens ou serviços que lhe serão oferecidos.

Salário

Valor pago ao trabalhador em troca do seu trabalho. A soma dos salários faz parte dos custos com o pessoal.

Serviços

Atividades que servem para satisfazer as necessidades de pessoas ou empresas.

Desafio

Há 4 conceitos-chave em branco, sabe o que estes conceitos significam? Se precisar de ajuda, utilize o dicionário e a pesquisa na Internet.

EMPREENDEDORISMO:

INOVAÇÃO:

NEGÓCIO:

OPORTUNIDADE:

2. IDEIA

A base do empreendedorismo é a transformação das ideias em negócio. Então o empresário deve ter uma boa ideia de negócio! Isto por si só não garante o sucesso, mas é um princípio muito importante.

TER UMA IDEIA DE NEGÓCIO:

Se quer ser empreendedor, tem de ter uma boa Ideia de Negócio, que responde a uma oportunidade que identificou e que sabe aproveitar de forma INOVADORA.

Mas como podemos ter uma ideia de negócio afinal?

As ideias vêm de muitas fontes! Nascem de uma mistura de observação da realidade, visão, experiência, necessidade, gostos e passatempos, sonhos, conversas, aprendizagem…

Vejamos algumas Fontes de Ideias:

1) Observar o ambiente

As ideias de negócio devem responder às necessidades.

Em muitos casos, as necessidades podem ser detetadas de forma barata e eficaz: observando, pedindo e escutando.

Nesta observação, devemos ser capazes de fazer perguntas como:

– Isto poderia ser feito de uma forma melhor? (Este pode ser um produto ou um serviço)

– Isto poderia ser feito com menos custo?

Que outra função poderia ter?

– Que limitação faz este presente?

O que é necessário aqui? (Aqui pode ser a nossa localidade, região, país, …)

– O que as necessidades não podem ser satisfeitas aqui?

– Que recursos existem e podem ser utilizados ou melhor utilizados?

Observar a realidade de uma forma criativa e pensar na resolução de problemas é realmente uma das melhores formas de ter Business Ideas.

2) Importar ideias de negócio que tenham sido bem sucedidas noutros locais

As ideias desenvolvidas noutros países e regiões que ainda não existem na nossa região podem ser uma fonte de inspiração na criação de um negócio. Mas tenha cuidado, nem todos funcionam. Temos de estar preocupados em ver se esta ideia se adapta ao nosso mercado e aos nossos clientes, ou seja, à realidade onde o negócio será desenvolvido.

3) A Mudança como Fonte de Ideias

Outra grande fonte de Business Ideas é a Mudança. Há movimentos e transformações que mudam o mundo em que vivemos, e estas mudanças acabam por ser uma fonte de novos negócios.

Veja alguns exemplos:

3.1 _ Alterações Sociais

_ Mudanças que ocorrem na sociedade em que vivemos e na forma como vivemos na sociedade.

3.2 – Alteração Demográfica

Mudanças na demografia.

3.3 – Mudanças de Negócio

Mudanças que acontecem e transformam o mundo dos negócios.

3.4 – Alterações Legislativas

Alterações na Lei que trazem mudanças e oportunidades de negócio.

3.5 _ Mudanças tecnológicas _ Mudanças tecnológicas que mudam a forma como fazemos negócios.

Desafio

Defina a sua ideia de negócio, identificando o problema/oportunidade identificado, e os fatores de inovação/diferenciação que a ideia apresenta.

QUE NECESSIDADE/ PROBLEMA/ OPORTUNIDADE IDENTIFICOU?

QUAL É A SUA IDEIA DE NEGÓCIO?

QUE PRODUTO E/OU SERVIÇOS VAI VENDER?

A QUEM VAI VENDÊ-LO?

QUE FATORES DE DIFERENCIAÇÃO/ INOVAÇÃO A SUA IDEIA APRESENTA?

3. MERCADO

Para ter um negócio de sucesso precisa de clientes. Os clientes são todas as pessoas que podem comprar os produtos ou serviços que oferece.

Tenha em conta que não está sozinho no mercado. Existem outras empresas e outros negócios que procuram a atenção dos seus potenciais clientes. As outras empresas são os seus concorrentes.

Assim, um dos passos mais importantes no desenvolvimento da sua ideia de negócio é conhecer as características dos seus clientes e concorrentes.

O que é o mercado?

O mercado é o local onde as compras e vendas de um produto ou serviço são efetuadas sob um determinado preço e condições. Esta transação pode ocorrer tanto no espaço físico como no espaço virtual.

Há 3 temas sobre os quais o conhecimento do mercado é muito importante:

– Conhecer os seus clientes

– Conhecer os seus concorrentes

– Saber o tamanho do seu mercado

CONHEÇA OS SEUS CLIENTES

Os clientes são as pessoas mais importantes num negócio. Grande parte do esforço de desenvolvimento do negócio deve ser orientado para satisfazer as necessidades, interesses e desejos dos clientes. Por isso, tem de lhes oferecer a melhor qualidade do produto ou serviço que eles querem, conhecer os preços que estão dispostos a pagar e tratá-los com a máxima atenção. Esta é a única maneira de ter certeza de ter clientes satisfeitos que vão comprar de si novamente. Ter clientes satisfeitos é a melhor forma de garantir que tem mais vendas.

LEMBRE-SE:

Sem clientes, sem vendas. Sem vendas o seu negócio falhará!

Os clientes compram produtos e/ou serviços para satisfazer diferentes necessidades e desejos. Por exemplo:

Bicicletas, porque precisam de transporte ou por diversão/
Roupas, porque querem estar devidamente vestidas perante o tempo e a sociedade em que vivem.
Smartphones, porque querem ser capazes de comunicar e desfrutar de informação e entretenimento.
Cortes de cabelo, porque querem parecer atraentes.

DESAFIO

Identificar clientes

QUE NECESSIDADE TERÁ OS CLIENTES PARA O SEU NEGÓCIO?

LEMBRE-SE:

Se está a oferecer produtos/serviços que atendam às necessidades, interesses e desejos dos seus clientes, então está a caminho do sucesso.

Como conhecer os seus clientes?

Para saber quem são os seus clientes e o que procuram, precisa de fazer várias perguntas.

Quais são os diferentes tipos de clientes no seu negócio? Normalmente homens, mulheres, crianças, jovens, velhos, companhias, …?
Quando é que compras?
Quanto tempo e em que quantidade faz as suas compras? Uma vez por ano, mensalmente, todos os dias, etc?

Para encontrar as respostas pode fazer um estudo de mercado, fazer um levantamento, falar com potenciais clientes.

DESAFIO

Caracterizar os Clientes

DEFINIR UMA MATRIZ DE REGISTO DE INFORMAÇÃO DE MERCADO QUE AJUDA A RESUMIR O PERFIL DE POTENCIAIS CLIENTES

 

CARACTERÍSTICASPERFIL
TIPO DE CLIENTE

CLIENTES FINAIS ( )

LOJAS ( )

DISTRIBUIDOR ( )

QUEM SERÃO OS CLIENTES?

PARTICULARES ()

FAMÍLIAS ( )

EMPRESAS( )

IDADE

ADULTOS ( )

Seniores ( )

ADOLESCENTES ()

CRIANÇAS ( )

Género

FEMININO ()

MASCULINO ()

NÃO APLICÁVEL ( )

ONDE ESTÃO LOCALIZADOS 
NÍVEL DE RENDIMENTO

ALTO ( )

MÉDIO ( )

BAIXO ( )

QUANDO VOCÊ COMPRA ESTE PRODUTO OU SERVIÇO

DIARIAMENTE ( )

SEMANALMENTE ( )

MENSALMENTE ( )

BIANualmente ()

ANUALMENTE ( )

COMO COMPRAR

GRANDES QUANTIDADES ( )

PEQUENAS QUANTIDADES ()

UMA UNIDADE ( )

DIMENSÃO FUTURA ESPERADA DO MERCADO

IRÁ AUMENTAR OS CLIENTES ()

VAI DIMINUIR OS CLIENTES ( )

CONTINUARÁ A SER O MESMO NÚMERO DE CLIENTES ()

GOSTOS E PREFERÊNCIAS IDENTIFICADOS (DETALHES DE NOTAS COMO: NÍVEL DE PERSONALIZAÇÃO, COR, TAMANHO, ETC.) 

5. CONHEÇA O TAMANHO DO SEU MERCADO

Uma vez que já definiu os produtos/serviços que vai vender e a qualidade e os preços de que os seus clientes e concorrentes precisam, deverá agora pensar na área geográfica que irá cobrir e na dimensão do seu mercado.

Assim que tiver decidido que área geográfica o seu negócio irá cobrir, poderá descobrir quantos potenciais clientes existem nessa área geográfica. Um potencial cliente é alguém que tem o dinheiro e o interesse de comprar seus produtos ou serviços.

Por exemplo:

  • Se o seu negócio se dedica a vender produtos simples aos estudantes, então todos os alunos da sua área geográfica são potenciais clientes.
  • Se vai produzir e vender produtos de luxo, então apenas um pequeno número de pessoas poderá pagar pelos seus produtos e apenas esse pequeno número será o seu potencial cliente.

Para saber a dimensão do mercado é necessário investigar quantos potenciais clientes existem na área geográfica que definiu. Com esta informação pode então estimar o volume de mercado dos seus produtos ou serviços.

Para obter este tipo de informação pode utilizar entidades que lhe forneçam dados estatísticos importantes. Em Portugal, duas importantes fontes de informação são o Instituto Nacional de Estatística (www.ine.pt) e a Fundação Francisco Manuel dos Santos (www.pordata.pt). Visite os seus websites e veja as informações a que pode aceder.

Outras fontes de informação a que pode recorrer são as Câmaras Municipais, entidades que representam setores de atividade, associações, etc.

Mas não se esqueça que há concorrência no mercado, por isso o seu negócio só vai ter uma parte do mercado.

Assim que tiver decidido que área geográfica o seu negócio irá cobrir, poderá descobrir quantos potenciais clientes existem nessa área geográfica. Um potencial cliente é alguém que tem o dinheiro e o interesse de comprar seus produtos ou serviços.

Por exemplo

In a neighborhood school there is 1 Bar but the service takes a long time and many people complain that the supply of products is limited. A group of entrepreneurs verifying this need decided to open a new Bar and want to know the size of its market and estimate how many customers it can reach.

The School has 2,000 students, 60 teachers and 40 employees. Persons other than students, teachers or staff are not allowed to enter the School Bar.

Área

Geográfico

Escola de Bairro  
Universo de Clientes

Todos os Alunos da Escola + professores e funcionários do

Escola Ribatejo

2.000 + 60 +402100

Potencialidades

Clientes

Aqueles que levam dinheiro para a escola para fazer compras no Bar

70% do universo do cliente

leva dinheiro para a escola para fazer compras no bar

=70% x 2100

1.680

Clientes que vão comprar no novo BarAqueles que preferem os novos produtos e o serviço do novo Bar40% dos alunos que levam dinheiro vão preferir o novo Bar

=40% x 70% x 2100

672

O desafio.

ESTIMEIA A DIMENSÃO DO MERCADO: PODE USAR ESTE EXEMPLO E APLICÁ-LO À SUA IDEIA DE NEGÓCIO PARA SABER A DIMENSÃO DO SEU MERCADO E ESTIMAR O SEU NÚMERO DE CLIENTES.

Para que:

1- Defina a sua área geográfica.

2- Verifique o número de clientes existentes nesta área geográfica. Para isso poderá ter de recorrer a entidades com informação estatística, Câmara Municipal, entidades sectoriais, associações, etc.

3- Identifique os seus potenciais clientes.

4- Estimar a parte do mercado que conseguir.

 

GEOGRÁFICO

ÁREA

   
MUNDO DO CLIENTE   
CLIENTES POTENCIAS   
NÚMERO ESTIMADO DE CLIENTES QUE IRÃO COMPRAR À SUA EMPRESA   

LEMBRE-SE:

Se na sua investigação concluir que não terá clientes suficientes, terá de repensar a sua ideia de negócio.

 

6. DISTRIBUIÇÃO E COMUNICAÇÃO

Onde e como vai vender

Tem de definir como vai vender (que canais de distribuição irá utilizar) e como irá comunicar e promover o seu negócio.

  • Que método de distribuição vai escolher para levar os seus produtos aos consumidores finais? Que canais de distribuição vai utilizar? Como vai chegar aos seus “principais clientes”?
  • Terá uma loja e venderá diretamente aos clientes?
  • Utilizará representantes de vendas, distribuidores ou agentes?
  • Vai vender a retalhistas (Lojas) que por sua vez vendem para clientes finais?

Os canais de distribuição variam consoante o tipo de produto ou serviço que oferece e a estratégia que definiu:

  • Canais de distribuição direta: Vendem diretamente aos clientes.

Produto aos Clientes Finais

  • Canais de distribuição indiretos: Vendem através de intermediários.

Intermediário de um produto a clientes finais

DESAFIO

Defina qual o canal ou canais que melhor se adequam à sua ideia de negócio.

DEFINA OS CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO QUE IRÁ UTILIZAR E ONDE OS LOCALIZARÁ.

Onde vai localizar a sua empresa?

Por que escolheu este local?

Que tipo de distribuição escolheu?

(aponta aqueles que faziam sentido para a sua ideia de negócio)

( ) Vender diretamente na minha loja

( ) Vender a retalhistas (lojas de outros)

( ) Entrega ao domicílio

( ) Vender a distribuidores

( ) Vender por catálogo e/ou internet

() Outros:

COMO VAI COMUNICAR

A comunicação é uma questão que nunca deve ser esquecida, especialmente quando se inicia um novo negócio.

LEMBRE-SE:

Ninguém compra o que não sabe!

Promover significa informar para atrair clientes que compram os seus produtos ou serviços.

Existem várias formas de promover e comunicar o seu negócio e os seus produtos e serviços.

Podemos facilmente lembrar-nos de formas de anunciar assim:

_ Brochuras, Internet, etc.

Publicidade em Lojas Janelas e Veículos da Empresa.

Promoção de vendas: ofertas, demonstrações, presentes, redução de tempo dos preços, ofertas de amostras, etc.

Vender significa que convenceu os clientes a comprar o seu produto ou serviço. Mas para que isto aconteça, tens de demonstrar e convencer que o que vendemos é bom.

E para isso, temos que nos comunicar.

Além da publicidade, podemos também:

_ Fazer venda por telefone ou catálogo;

_ Visite diretamente os clientes;

_ Participar em feiras locais, nacionais ou internacionais.

Promover um produto ou serviço tem um custo e nem todos os tipos de promoção e comunicação têm o mesmo efeito. Por esta razão, temos de definir quais as estratégias a utilizar tendo em conta o nosso tipo de negócio, o nosso mercado-alvo e o orçamento que temos.

Precisamos também de saber que tipo de promoção a concorrência está a fazer para perceber o que estão a fazer bem e como podemos fazê-lo ainda melhor.

Desafio

Precisamos também de saber que tipo de promoção a concorrência está a fazer para perceber o que estão a fazer bem e como podemos fazê-lo ainda melhor.

AGORA DEFINE QUAIS FORMAS DE PROMOÇÃO E COMUNICAÇÃO QUE UTILIZARÁ NO SEU NEGÓCIO DESENVOLVENDO AS SEGUINTES ATIVIDADES:

 

  1. Analise os seus concorrentes e veja que tipo de promoção utilizam;
  2. Descubra os custos dos diferentes tipos de publicidade;
  3. Preencha a tabela abaixo enumerando as formas de promoção que parecem mais adequadas para o seu negócio;
Tipo de PublicidadeDescreva como vai fazerCusto
   
   
   
   

7. GERIR O NEGÓCIO

Para que o seu negócio funcione de forma eficiente, uma condição fundamental para o sucesso, deve ser bem organizada. Isto significa ter processos bem definidos e ter o pessoal adequado para fazer o trabalho.

Para organizar e operacionalizar o seu negócio deve estimar:

  • As pessoas que o negócio vai precisar.
  • O espaço que vai precisar e os seus concorrentes.
  • As máquinas e o equipamento que vai precisar.

As pessoas que o seu negócio precisa

As pessoas que compõem as empresas variam consoante as funções que têm de ser desempenhadas nelas. Para saber quais e quantas pessoas vai precisar na sua equipa, primeiro deve definir as funções que serão desempenhadas na empresa e a dimensão da empresa.

Assim, um primeiro desafio é definir a estrutura organizacional da sua empresa e as funções que nela são desempenhadas.

Alguns exemplos de departamentos e funções são os seguintes:

SECÇÃO ADMINISTRATIVA

ENCARGOSPRINCIPAIS DEVERES
Administrador

– Realizar o Plano de Desenvolvimento da empresa

– Definir a estrutura organizacional

– Realizar o controlo geral da empresa

– Procurar os recursos necessários para o funcionamento da empresa

Gestor de Recursos Humanos

– Selecione e contrate os colaboradores

– Assegurar a implementação do Plano de Formação

– Avaliar o pessoal

Responsável pela área financeira

Manter-se atualizado com as responsabilidades fiscais

– Manuseamento dos registos contabilísticos

– Tratamento de pagamentos e recibos

DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO

ENCARGOSPRINCIPAIS DEVERES
Gestor de Manufatura– Controlo das várias operações de produção
Gestor de Logística– Tratamento de envios de produtos e receção de matérias-primas
Gestor de Qualidade– Controlo da qualidade dos produtos ou serviços produzidos ou prestados
Trabalhadores– Realização das várias operações de produção

DEPARTAMENTO DE VENDAS

ENCARGOSPRINCIPAIS DEVERES
Gestor de Marketing

– Implementação da estratégia de marketing

– Procura de novos mercados

Vendedores

– Fazer as Vendas

– Conquista e manutenção de clientes

A estrutura a implementar depende dos objetivos que se propõe atingir.

Quando planeia a sua estrutura, deve estar de acordo com a realidade e a dimensão do seu negócio.

Numa pequena empresa, em que o proprietário atua como gerente e tem poucos colaboradores, a organização pode ser muito simples na qual todos os colaboradores dependem e respondem diretamente ao empreendedor:

Exemplo:

Empresário/gestor

  • Trabalhador 1
  • Trabalhador 2
  • Trabalhador 3

Mas há negócios maiores e mais complexos que são organizados por departamentos de acordo com a sua área de especialização e as funções que desempenham na empresa.

Exemplo:

  • Administração
  • Administrativo
  • Produção do
  • Departamento
  • Marketing e Vendas do
  • Departamento
  • Área De Contabilidade e Finanças
  • Departamento Fabrico
  • Marketing
  • Logística
  • Recursos Humanos
  • Controlo de Qualidade
  • Vendas

DESAFIO

Quantas pessoas o negócio vai precisar e em que papéis?

Tendo em conta a sua ideia de negócio, pode agora definir a estrutura da sua empresa, que funções terá de preencher e quantos recursos humanos necessitará para o desenvolvimento do seu projeto.

  1. Defina as diferentes áreas que o seu negócio terá (por exemplo, administrativa, produção, vendas, etc.).
  2. Certifique-se de não esquecer nenhuma função.
  3. Desenhe um organigram que mostre a estrutura do seu negócio.

Com a estrutura organizacional definida pode identificar quais as funções que terá de preencher e quantos recursos humanos necessitará para o desenvolvimento do seu projeto.

  1. Descreva o treino e a experiência que necessitará para cada função.
  2. Defina o número de colaboradores que necessitará para cada função.
  3. Adicione qualquer outro tipo de função que considere necessário e não seja identificado.
FUNÇÃO OU POSIÇÃO

CAUSA PERDA

PARA O MEU PROJETO

EXPERIÊNCIA E FORMAÇÃO NECESSÁRIASNO. DE EMPREGADOS
DIRETOR GERALSIM ( ) NÃO ( )  
SECÇÃO ADMINISTRATIVASIM ( ) NÃO ( )  
DEPARTAMENTO DE VENDASSIM ( ) NÃO ( )  
PRODUÇÃOSIM ( ) NÃO ( )  
MARKETINGSIM ( ) NÃO ( )  
MONITORIZAÇÃO DA QUALIDADESIM ( ) NÃO ( )  
INFORMÁTICASIM ( ) NÃO ( )  
MANUTENÇÃOSIM ( ) NÃO ( )  
 SIM ( ) NÃO ( )  
 SIM ( ) NÃO ( )  

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS

Para implementar o negócio tem de analisar e definir qual a tecnologia adequada e quais as máquinas e equipamentos que vai precisar.

Mesmo que a sua ideia de negócio esteja na área do comércio ou serviços, também terá de determinar que equipamentos e ferramentas precisa para conduzir o seu negócio.

Esta informação é muito importante não só para saber que recursos humanos precisa e que experiência tem (porque nem toda a gente sabe conduzir ou operar uma máquina), mas também porque o ajudará a saber que investimento terá de fazer, ou seja, quanto dinheiro precisa para comprar todo o equipamento necessário e, assim, poder montar a empresa.

DESAFIO

Que equipamento será necessário?

COMPLETE A LISTA DE EQUIPAMENTOS E MÁQUINAS QUE NECESSITA PARA O SEU NEGÓCIO:

  1. Define the essential equipment to start your business;
  2. Gather and list the necessary equipment by department;
  3. Consider whether there are any specifications you should take into account;
  4. Search the cost values of these equipment.
EQUIPAMENTOESPECIFICAÕESPREÇO (EUR)
   
   
   
   
   

O ESPAÇO NECESSÁRIO PARA O MEU NEGÓCIO

O espaço que necessitar será definido pelo tipo e dimensão do negócio que pretende desenvolver. Tudo está relacionado com as funções que definiu para a sua empresa e os requisitos para o desenvolvimento destas atividades/funções.

O tamanho é condicionado pelo volume e tipo de produção, pela logística e pela tecnologia.

Dependendo do que você definiu, você terá que procurar um espaço adequado que você pode então comprar ou alugar. Se não encontrar o espaço certo, terá que considerar encontrar um terreno e um edifício.

Por exemplo

Para uma empresa comercial, o espaço necessário deve ser incluído:

_ O espaço de exposição.

O espaço de atendimento ao cliente.

_ A área do armazém.

_ A área do escritório.

Um negócio de distribuição requer menos espaço expositivo, mas muito mais espaço de armazenamento. Numa empresa de serviços o espaço depende do tipo de serviço a oferecer. Por exemplo, uma oficina de reparação de automóveis requer amplo espaço para reparações e um pequeno espaço de escritório. Num negócio de produção (uma fábrica), o tamanho do espaço depende do tipo de itens a fabricar e da tecnologia (máquinas utilizadas).

O espaço está condicionado pelo volume de produção e pela tecnologia.

DEFINIÇÃO DO DESENHO E DISTRIBUIÇÃO DAS INSTALAÇÕES

A distribuição das instalações diz respeito à adaptação e funcionalidades que cada espaço deve ter para acomodar os processos de produção. Este desenho deve ser estabelecido para permitir o trabalho mais eficiente possível.

Um bom design das instalações ajuda-o a minimizar os custos de trabalho e transporte, por exemplo. Também ajuda a criar um ambiente de trabalho mais agradável e produtivo.

Para a conceção e distribuição das instalações no espaço deve ter em conta os departamentos, equipamentos, trabalhadores e materiais que existirão em cada um deles.

LEMBRE-SE:

Um ambiente bem condicionado permite que o trabalho se desenvolva

de forma ordenada e se os recursos forem otimizados.

Desafio:

Que espaço será necessário?

DEFINA O LAYOUT DA SUA FÁBRICA, LOJA OU ESCRITÓRIO:

  1. Define onde cada atividade vai ter lugar?
  2. Considera onde vai localizar as máquinas e outros equipamentos?

8. A ANÁLISE SWOT

A análise SWOT destina-se a fazer os pontos fortes e fracos do seu projeto de negócio e identificar oportunidades e ameaças que enfrenta.

A análise SWOT é uma técnica muito difundida para realizar o diagnóstico estratégico da empresa. Esta análise visa definir a relação entre os pontos fortes e fracos da empresa e as tendências mais importantes no ambiente global da empresa, seja ao nível do mercado global, do mercado específico, do clima económico, dos constrangimentos legais, etc.).

SWOT é a combinação das iniciais (em inglês) dos quatro elementos-chave desta análise estratégica. Nomeadamente:

 

  • Forças: vantagens internas da empresa em relação a empresas concorrentes. g.: Localização
  • Fraquezas: desvantagens internas da empresa em relação às empresas concorrentes. g: Pouca experiência na atividade
  • Oportunidades: aspetos positivos do ambiente com potencial para aumentar a vantagem competitiva da empresa. g.: Taxas de juro baixas
  • Ameaças:aspetos negativos do ambiente com potencial para comprometer a vantagem competitiva da empresa. g.: Recessão económica

A ideia é avaliar, através de uma reflexão aprofundada na qual todos os gestores de topo da empresa devem participar, quais são estes elementos. Anteriormente, será necessário reunir muita informação:

  • Interno, para pontos fortes e fracos
  • Externo, para as oportunidades e ameaças (aqui a visão e o bom senso são necessários).

DESAFIO:

Faça a análise interna do seu negócio

Identifique os seus pontos fortes:

Identifique as suas fraquezas:

Faça uma análise externa

Oportunidades de identificação:

Identificação das Ameaças:

 

9. O ORÇAMENTO

O objetivo de qualquer projeto de negócio é obter lucro, ou seja, alcançar receitas que excedam todos os custos que o negócio enfrenta. Para que qualquer empresa saiba com o que pode contar e definir metas é recomendado que ela prepare um plano financeiro.

Para fazer o orçamento precisa:

_ Calcule quais serão as suas vendas durante o primeiro ano do seu negócio;

_ Calcule-os serão como suas vendas durante o primeiro ano do seu negócio;

Para isso é necessário determinar:

Para vendas: preço de venda e quantidade vendida;

_ Custos dos materiais utilizados na produção;

_ Custos de fornecimentos e serviços que utiliza externamente;

_ Remuneração do pessoal contratado.

ETAPAS ORÇAMENTAIS
Fase 1Conhecer os custos de produçãoConheça os custos dos materiais vendidos ou utilizados na produção.
Fase 2Conhecer o valor das entregas e serviços dos outrosConheça os custos dos serviços e fornecimentos que terá de contrair externamente.
Fase 3Conhecer os custos do pessoalDefina o valor dos salários para cada função.
Fase 4Estimativa de vendasDefina o preço de venda e calcule a quantidade vendida.
Fase 5Calcular o resultadoO resultado será o saldo obtido quando subtrair os custos das receitas.
Fase 6Analisar o resultadoCertifique-se de que estamos tendo um resultado positivo.

PASSO 1 | CONHEÇA OS CUSTOS DE PRODUÇÃO

Neste passo deve calcular e conhecer todos os custos das matérias-primas que serão usadas para produzir o bem que vai vender. Se fizer apenas a revenda, tem de considerar como custo o preço que pagou pelo produto que vai vender.

No caso de produção deve considerar todas as matérias-primas utilizadas e os materiais consumidos.

Exemplo:

Negócio de venda de t-shirts personalizadas com imagem ou texto de clientes. Vendem ao cliente um produto final que é a t-shirt impressa e embalada.

Os seus custos de produção são:

A T-shirt que se compra a um distribuidor

A transferência – que eles usam para imprimir e cortar no Plotter

O saco – que eles usam para embalar a t-shirt

Além disso, para imprimir a transferência o Plotter gasta tinta. Esta tinta é também um custo de produção.

CUSTO DAS MATÉRIAS-PRIMAS E CONSUMIDO
T-shirt2,00€
Transferência1,50€
Saco de embalagem0,35€
Tinta para imprimir Transferência0,30€
Total4,15€

DESAFIO

Analisa os custos de produção

CUSTOS DAS MATÉRIAS-PRIMAS E CONSUMIDOS
  
  
  
Total 

PASSO 2 | CONHEÇA O VALOR DOS FORNECIMENTOS E SERVIÇOS EXTERNOS

Todas as empresas precisam de utilizar alguns serviços ou fornecimentos fornecidos por pessoas ou empresas fora da empresa.

Nesta categoria são considerados todos os custos que não incluem pessoal, materiais ou custos de capital. Entre estes custos estão, por exemplo, os custos para o consumo de energia, água, telefone, material de escritório, seguros, rendas, etc.

Por exemplo:

| contabilista Para lidar com a sua contabilidade e conformidade fiscal. Pagam 120,00 euros/mês.

Empresa de Eletricidade | Ter energia na empresa. Pagam 150,00 euros/mês.

Empresa de limpeza | Para ajudá-los a limpar o espaço uma vez por semana. Pagam 100 euros/mês.

| da companhia de seguros Para garantir o seguro do carro, das máquinas e acidentes de trabalho. Pagam 60 euros/mês.

Proprietário do espaço | A quem pagam a renda para ter a empresa lá sediada. Pagam 400 euros por mês.

Empresa de Comunicações | Ter telefone e internet. Pagam 70 euros/mês.

Agência de Publicidade, Anúncios do Google e | tipografia Quem encomendam os meios de publicidade que usam.

O investimento anual é de 3.000,00 euros.

Você também terá de recorrer a uma série de entidades externas com quem irá contratar para prestar serviços e fornecimentos que são fundamentais para o seu negócio.

Identifique os serviços que precisará e pesquisa para saber qual será o seu custo mensal.

DESAFIO

ANALISA OS FORNECIMENTOS E SERVIÇOS EXTERNOS QUE NECESSITARÁ

DescriçãoValor MensalValor Anual
Contabilista  
Eletricidade  
Combustíveis  
Água  
Ferramentas  
Material de escritório  
Rendimentos  
Telefone e Internet  
Seguro  
Limpeza  
Publicidade  
Outros  
TOTAL  

PASSO 3 | CONHEÇA OS CUSTOS DO PESSOAL

Por esta altura já conhece os seus custos com materiais vendidos e consumidos e os seus custos de fornecimentos e serviços externos. Os custos com o pessoal estão relacionados com a estrutura de recursos humanos da pessoa, pelo que é necessário definir o salário que cada trabalhador receberá

DESAFIO

DEFINE O SALÁRIO BASE DO PESSOAL QUE TRABALHARÁ NO SEU NEGÓCIO:

  1. Use a informação que colocou no pessoal que precisa;
  2. Adiciona o valor salarial base de cada função na respetiva coluna.
FUNÇÃO OU POSIÇÃO

CAUSA PERDA

PARA O MEU PROJETO

EXPERIÊNCIA E FORMAÇÃO NECESSÁRIASNO. DE EMPREGADOS
DIRETOR GERALSIM ( ) NÃO ( )  
SECÇÃO ADMINISTRATIVASIM ( ) NÃO ( )  
DEPARTAMENTO DE VENDASSIM ( ) NÃO ( )  
PRODUÇÃOSIM ( ) NÃO ( )  
MARKETINGSIM ( ) NÃO ( )  
MONITORIZAÇÃO DA QUALIDADESIM ( ) NÃO ( )  
INFORMÁTICASIM ( ) NÃO ( )  
MANUTENÇÃOSIM ( ) NÃO ( )  
 SIM ( ) NÃO ( )  
 SIM ( ) NÃO ( )  

 

Além do vencimento base, a empresa assume ainda outros custos com pessoal, como o custo dos descontos para a segurança social e o subsídio de refeição. Também, por vezes, tem de assumir os custos das viagens.

As deduções à Segurança Social são o que permitem ao Estado pagar prestações por doença (quando os trabalhadores vão de baixa médica), subsídio de desemprego (quando os trabalhadores ficam desempregados) e pensões (quando os trabalhadores atingem a idade da reforma).

 

PASSO 4 | ESTIMATIVA DE VENDAS

Para estimar as vendas, precisamos de saber qual o preço de venda que vamos vender e quanto estamos a pensar vender.

Depois de definir o produto ou serviço que vai vender e as suas características e diferenciação, conhecendo os custos de produção e analisando também a concorrência, pode definir o preço médio a que planeia vender o seu produto ou serviço.

Desafio

DESAÇA O SEU PREÇO DE VENDA

Qual é o seu custo de produção?

Qual o preço que a concorrência pratica?

De acordo com o que definiu para o seu produto/serviço, como vai posicionar o seu preço em relação à concorrência?

( ) Acima

() Ao mesmo nível

( ) Abaixo

A que preço vai vender?

Uma vez fixado o preço de venda, pode então estimar a quantidade que venderá com base na sua estimativa de potenciais clientes

Desafio

ESTIME O VALOR DAS VENDAS QUE VAI FAZER

 

ESTIMATIVA DE VENDAS
Calcule o número de clientes (mercado) que vai comprar à sua empresa 
Número médio de vezes que cada cliente compra por ano 
Quantidade estimada de vendas para 1 ano 

Depois de ter definido o preço de venda e estimado a quantidade de vendas é possível estimar o valor das suas vendas, ou seja, o valor das suas receitas.

Desafio

INDIQUE O VALOR DAS SUAS VENDAS PREENCHENDO A TABELA SEGUINTE

 

VALOR DE VENDA
Preço de Venda 
X
Quantidade estimada de vendas para 1 ano 
=
Valor de Venda 

PASSO 5 | CALCULAR O RESULTADO

Com toda a informação obtida nos passos anteriores é possível calcular o resultado que espera alcançar com a sua atividade.

Desafio

CALCULE O SEU RESULTADO PREDITIVO:

 

  1. Utilize a informação que obteve nos vários passos acima;
  2. No final, subtrai os valores de custo do valor da receita;
DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS
RECEITASVALOR DE VENDA 
+
CUSTOS DE PRODUÇÃO

CUSTO DOS MATERIAIS

VENDIDO E CONSUMIDO

 

CUSTOS DE ABASTECIMENTO

E SERVIÇOS EXTERNOS

CUSTOS DE SERVIÇO

E OS MANTIMENTOS QUE VAI PRECISAR

OUTSOURCING

 
DESPESAS COM PESSOALDESPESAS COM PESSOAL 
Resultado 

PASSO 6 | ANALISAR O RESULTADO

O objetivo de um plano financeiro é internalizar que uma empresa visa obter lucro e que, para tal, os lucros devem exceder os custos. Isto implica:

  • ANALISAR O VALOR DE INVESTIMENTO NECESSÁRIO E COMO FINANCIÁ-LO
  • ESTIMAR O RESULTADO DA PREVISÃO
  • DEFINIR O PREÇO DE VENDA
  • ESTIMAR A QUANTIDADE VENDIDA
  • CALCULAR RECEITAS
  • ANALISAR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO
  • ANALISAR AS NECESSIDADES DE FORNECIMENTOS E SERVIÇOS EXTERNOS E OS SEUS CUSTOS

Este plano deve refletir se a sua atividade irá obter as receitas necessárias e se estas são altas o suficiente para tornar o negócio interessante.

Naturalmente, as receitas devem ser suficientes para cobrir os custos e, assim, obter um resultado positivo.

Se o seu orçamento apresentar um resultado negativo ou perigosamente perto de zero, terá de pensar e analisar o problema. O plano de vendas e custos deve ser novamente estudado cuidadosamente, tentando aumentar as receitas e diminuir os custos, mas sempre sabendo que o plano deve ser adequado e realista.

Fonte: NERSANT – Associação Empresarial da Região do Ribatejo, Project Vive o Empreendedorismo, 2017.

© 2021, StartingUp4Inclusion. All Rights Reserved.

Scroll Up